O Que É Tokenomics?
Crypto Basics

O Que É Tokenomics?

1 year ago

Tokenomics é o tópico que entende as características da oferta e da demanda das criptomoedas.

O Que É Tokenomics?

Índice

Uma Análise dos Tokenomics

Tokenomics — o tópico que compreende as características de oferta e demanda das criptomoedas.

Na economia tradicional, os economistas monitoram a subscrição de uma moeda usando dados oficiais de oferta de dinheiro. Os números que eles relatam são geralmente chamados de M1, M2 e - dependendo do país - também usam M3 ou M4. Uma explicação detalhada das quatro categorias M está além desta análise dos tokenomics: apenas saiba que M1 é a medida do dinheiro com mais liquidez, M2 possui menos liquidez e assim por diante. Esses números ajudam na transparência e no monitoramento dos diferentes aspectos do fornecimento de uma moeda. 

Esses números são importantes uma vez que, ao longo da história, reis, rainhas e governos possuíam o hábito de criar dinheiro adicional em seus países. Acontece que, administrar um país ou lutar numa guerra pode ser muito caro, e nem sempre foi fácil aumentar as receitas ou equilibrar um orçamento, o que significava que muitas vezes era politicamente conveniente simplesmente criar mais moeda. 

No mundo moderno, coisas como resgates aos bancos e respostas à pandemia exigem que governos de todo o mundo criem quantidades volumosas de novas moedas muito rapidamente. 

Enquanto os governos supervisionam esse processo, a criação de moeda adicional pode causar uma redução lenta, ou às vezes rápida, do valor do dinheiro existente. Chamamos essa redução de “inflação” e é mais visível quando os preços das coisas que compramos aumentam ano após ano.

No contra ponto deste processo, as criptomoedas e os tokens construídos no blockchain têm programações de emissão pré-definidas e criadas por algoritmos. Isso significa que podemos prever com bastante precisão quantas moedas serão criadas até uma determinada data. Embora seja possível para a maioria dos criptoativos alterar esse cronograma de emissão, isso normalmente exige a concordância de muitas pessoas, sendo muito difícil de implementar. Isso oferece algum conforto e segurança para os proprietários, porque eles sabem até que ponto seus ativos serão criados, de uma forma muito mais previsível do que os governos criando dinheiro.  

Qual o Fornecimento Total do Bitcoin?

No total, serão produzidos apenas 21 milhões de Bitcoin. Todo o processo terminará por volta de 2140. Até lá, o número de novas moedas criadas pelo processo de mineração irá diminuir pela metade, aproximadamente, a cada quatro anos. Isso é conhecido como o halving do Bitcoin e foi projetado para criar, o que os economistas chamam de, escassez, proporcionando pressão ascendente nos preços. 

Embora 21 milhões pareça um número muito grande, em comparação com os 8 bilhões ou mais de pessoas na Terra, é claramente incrivelmente pequeno. É esse desequilíbrio que leva muitas pessoas a comparar o Bitcoin com o ouro e pensar nele como dinheiro “forte”. 

Por ser a primeira criptomoeda criada, o processo de emissão e o cronograma do Bitcoin abriu caminho para as outras. Por exemplo, Bitcoin Cash, Bitcoin SV e Zcash também possuem um limite máximo de 21 milhões de moedas. Outros, como a Litecoin, utilizam a mesma estrutura, mas com um número geral maior.
No entanto, há moedas com o cronograma muito diferente. Por exemplo, a Dogecoin e a Grin possuem eternamente a mesma emissão para cada novo bloco criado, o que significa que o fornecimento de token é essencialmente ilimitado. Os fundadores da Grin esperam que este recurso torne mais fácil manter o preço estável e, assim, o torne uma moeda mais utilizável. Pode levar anos para sabermos se isso realmente ocorrerá. 
Entre essas duas posições há várias moedas e tokens — operando principalmente no Ethereum — que possuem um limite de emissão máximo, mas esse número pode ser muito alto. Por exemplo, o Tron possui um fornecimento total limitado a mais de 100 bilhões.

Também há situações em que o número de moedas e tokens reduzirá. Alguns projetos criaram regras que queimam uma certa quantidade de moedas — o que significa que elas serão transferidas para uma carteira que não poderá ser recuperada — em intervalos definidos. A queima normalmente está relacionada às taxas de operação, logo, quanto mais um ativo é usado, mais rápido seus tokens são queimados. ‍

Por que os Tokenomics São Importantes ao Investir em Criptomoedas?

Em seu famoso livro sobre investimentos, Margin of Safety, a lenda do investimento de valor, Seth Klarman, explica que, “No curto prazo, a oferta e demanda por si só determinam o preço do mercado.” Se acreditamos que isso seja verdade e que se aplica aos criptoativos que utilizam a tecnologia blockchain, bem como ao mercado de ações, entender os fatores que impactam a oferta e a demanda são de vital importância tanto para os especuladores, quanto os investidores. 

Neste caso, há uma série de fatores a serem considerados. Talvez o mais importante seja entender como a moeda digital será usada. Existe uma ligação clara entre o uso da plataforma ou serviço que está sendo construído e o ativo? Se houver, há uma grande chance de que um serviço em expansão exija a compra e o uso que, em última análise, ajudam a aumentar o preço. Se não houver, para que o token pode ser usado?

Outras questões importantes a serem respondidas incluem: 

  • Quantas moedas e tokens existem atualmente? 

  • Quantas vão existir no futuro e quando serão criados? 

  • Quem é o dono das moedas? Existem alguns itens reservados para serem lançados no futuro para os desenvolvedores? 

  • Existe alguma informação que sugira que um grande número de moedas foi perdido, queimado, apagado ou de alguma forma inutilizado?

‍Tokenomics também é útil como orientação para entender quanto um ativo pode valer no futuro. Por exemplo, muitas pessoas novas em criptomoedas pensam algo como: “Se esta moeda se tornar tão valiosa quanto o Bitcoin, então um dia ...”, embora, na realidade, isso beira o impossível. Como exemplo, vamos pensar em duas moedas mencionadas acima, Bitcoin Cash e Tron. O Bitcoin Cash tem o mesmo fornecimento total de Bitcoin, então pensar que, com o tempo, um pode se tornar tão valioso quanto o outro tem alguma legitimidade - é possível. No entanto, com mais de 100 bilhões de Tron existentes, para uma moeda ser avaliada em milhares de dólares, a Tron precisaria se tornar o negócio mais valioso da história do mundo — qual a probabilidade disso acontecer?

Embora essas perguntas pareçam exigir respostas complexas, elas fornecem uma forma a mais de visualizar os criptoativos e ajudar a entender se um ativo tem uma maior probabilidade de ter um grande futuro do que outro. 

Este artigo contém links para sites de terceiros ou outros conteúdos apenas para fins informativos (“Sites de Terceiros”). Os Sites de Terceiros não estão sob o controle da CoinMarketCap, e a CoinMarketCap não é responsável pelo conteúdo de qualquer Site de Terceiros, incluindo, mas não se limitando, a qualquer link contido em um Site de Terceiros, ou quaisquer alterações ou atualizações do Site de Terceiros. A CoinMarketCap fornece esses links para você apenas para conveniência, e a inclusão de qualquer link não implica endosso, aprovação ou recomendação do site pela CoinMarketCap ou qualquer associação com seus operadores. Este artigo deve ser usado e deve ser usado apenas para fins informativos. É importante fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomar qualquer decisão material relacionada a qualquer um dos produtos ou serviços descritos. Este artigo não se destina a, e não deve ser interpretado como, recomendação financeira. As visões e opiniões expressas neste artigo são do autor [da empresa] e não refletem necessariamente as da CoinMarketCap.
17 people liked this article