O que são Leilões de Slot Parachain e Crowdloans?
Crypto Basics

O que são Leilões de Slot Parachain e Crowdloans?

1 year ago

Os projetos que querem se conectar ao Polkadot como um parachain precisam ganhar um leilão de slots de parachain. Apresentaremos uma breve visão geral de como o processo funciona.

O que são Leilões de Slot Parachain e Crowdloans?

Índice

Os projetos que querem se conectar ao Polkadot como um parachain precisam ganhar um leilão de slots de parachain. Apresentaremos uma breve visão geral de como o processo funciona.

Parachains são os diversos blockchains de camada 1 que são executados paralelamente um ao outro no ecossistema Polkadot e Kusama. Parachains em Polkadot e Kusama se conectam a um slot do parachain na Relay Chain – um blockchain que forma o coração da rede, protegendo e coordenando o trabalho de cada parachain.

Cada Parachain pode ser diferente e construído de acordo com suas próprias especificações para diferentes casos de uso. Por exemplo, um pode ser projetado para jogos, outro para contratos inteligentes, finanças descentralizadas (DeFi), gerenciamento de identidade ou qualquer outro caso de uso do blockchain.

Isso é importante porque cada blockchain é ideal para todos os casos de uso. Todos os blockchains fazem concessões para melhor apoiar certos casos de uso em detrimento de outros, e cada um tem necessidades diferentes em termos de segurança. Polkadot e Kusama proporcionam ao parachains a capacidade de se especializarem, dando-lhes uma vantagem competitiva sobre os blockchains em geral.

Os aplicativos descentralizados (DApps) podem ser construídos nos parachains e alguns parachains são projetados para hospedar seu próprio ecossistema extenso de DApps e serviços. O sistema permite que os parachains interoperem, enviando não apenas tokens, mas qualquer tipo de dados entre as cadeias de forma contínua e segura. Isso significa que os DApps em cadeias diferentes podem falar uns com os outros e os casos de uso podem ir além de qualquer aplicação ou blockchain.

O Polkadot também conecta parachains com redes externas, como o Bitcoin e o Ethereum, utilizando sua rede de pontes.

Join us in showcasing the cryptocurrency revolution, one newsletter at a time. Subscribe now to get daily news and market updates right to your inbox, along with our millions of other subscribers (that’s right, millions love us!) — what are you waiting for?

Locação de um Slot de Parachain

Para que um blockchain participe do ecossistema Polkadot como um parachain, ele deve primeiro possuir um slot na Relay Chain. Para tanto, é necessário bloquear um "título" do token nativo da rede (DOT para Polkadot, KSM para Kusama) durante a locação do slot. Uma vez que um parachain garante um slot no Relay Chain, ele mantém sua conexão com a rede durante a duração do aluguel do slot.

Após o término da locação, a quantidade total de tokens colados para garantir o espaço é devolvida ao projeto. Nesse sentido, como os parachains não cobram taxas adicionais para se conectar ao Polkadot, o custo de locação de um slot de parachain é considerado como o custo de oportunidade de não ser capaz de usar os tokes vinculados (por exemplo, em stake) durante a locação.

A locação pode durar até 48 semanas no Kusama e no máximo 24 meses no Polkadot.

Com base nos limites teóricos de computação, prevê-se que, com a maturidade, cada rede seja capaz de suportar cerca de 100 slots da parachain. No entanto, isto não significa que apenas 100 projetos possam ser executados na rede, pois um parachain pode hospedar muitos projetos e vários blockchains podem compartilhar um único slot se a conexão for feita como um parathread. Também estão sendo realizadas pesquisas para futuramente expandir o número máximo de parachains.

Cada slot irá para leilão pouco antes do final do contrato de locação e a equipe poderá enviar novamente um lance se desejar continuar no parachain. Como os slots de locação são fungíveis, a equipe também pode fazer um lance em outro slot antes do final de sua locação atual para manter a continuidade. As equipes também terão a opção de se conectarem ao Polkadot com base na modalidade de pagamento "pay-as-you-go", caso não queiram alugar um slot de longo prazo na Relay Chain. Essa opção pode ser mais econômica para cadeias mais novas e para aqueles com tráfego mais baixo.

O Custo de um Título de Slot de Parachain

Como a quantidade de equipes licitando por um slot de parachain é baseada na oferta e na demanda, não há uma quantidade predeterminada de títulos fixos. Se a oferta do leilão for bem sucedida, os tokens são bloqueados durante o período de duração do contrato e devolvidos quando o contrato terminar. Isso significa que o custo real do aluguel é o custo de oportunidade de não fazer stake desses tokens durante este tempo.

A necessidade de executar paralelamente acrescenta custo, que é relativamente menor e envolve muito menos trabalho do que executar um nó em outro blockchain, uma vez que a segurança já é tratada pelos validadores do Polkadot. No geral, para aplicativos com tráfego elevado, espera-se que o modelo de parachain seja mais econômico do que construir contratos inteligentes ou construir um blockchain autónomo.

Crowdloans

As equipes do Parachain têm a opção de obter os tokens necessários para o lance no leilão com a ajuda da sua comunidade através da realização de algo chamado crowdloan. Ao contribuir para um crowdloan, os holders do token concordam em bloquear uma quantidade de tokens durante a locação do slot do parachain, supondo que o lance da equipe conseguirá garantir um slot.

Após a locação, a quantidade total de tokens contribuídos é devolvida ao controle do proprietário original. Assim como quando uma equipe apresenta o lance diretamente no leilão, o custo de participar de um crowdloan é o custo de oportunidade de não poder transferir ou fazer stake contribuindo durante o período de duração do contrato. Cabe à equipe do parachain decidir como, se for o caso, recompensar seus colaboradores de crowdloan por sua participação.

Mecânica do Leilão

Os leilões dos slot do Parachain acontecem de acordo com uma versão modificada do que é chamado de leilão de velas.

Os leilões de velas datam pelo menos do século XVII, nome dado pelo fato do leilão durar até a vela se apagar. A idéia por trás dos leilões de velas era que, como os participantes não sabiam exatamente quando o leilão terminaria, era mais provável que apresentassem lances mais cedo que correspondessem à sua avaliação real do item do leilão, levando a uma descoberta mais precisa do preço. A tecnologia blockchain permitiu tornar os leilões de vela ainda mais eficientes, como mostrado em pesquisas recentes da Web3 Foundation.
Os leilões da Polkadot e Kusama possuem um período de tempo específico durante os quais os lances e as contribuições de crowloan podem ser enviadas. No final deste período, o momento exato é determinado no encerramento do leilão, retroativamente on-chain, por algo chamado de função aleatória verificável (VRF).

A maior oferta no momento escolhido pela VRF vence o leilão. Este formato foi escolhido por ser justo e mais preciso na descoberta do preço, pois elimina o "corte" do leilão - a estratégia de esperar até o último momento para apresentar lances, num esforço de ganhar por um preço mais baixo do que o valor real do item.

Antes de fazer um lance no leilão, as equipes especificam seu período e a duração da locação, até no máximo de cerca de 48 semanas no Kusama e 24 meses no Polkadot. Isso determina quanto tempo o parachain manterá a conectividade contínua com a rede antes de precisar realizar outro leilão, bem como quanto tempo o título (e qualquer contribuição crowdloan) será bloqueado. Cada leilão representa um slot específico do parachain, e ocorre apenas um leilão por vez.

Linha do Tempo do Leilão

O rollout do parachains é o último estágio de um lançamento de várias etapas da Polkadot. Como parte deste processo de implantação, os parachains e leilões são lançados primeiro no Kusama - a rede canária do Polkadot.

Kusama é uma rede em tempo real construída com quase o mesmo código que a Polkadot e com incentivos econômicos reais. Kusama foi projetada como uma plataforma de movimento rápido que pode proporcionar um ambiente de desenvolvimento experimental para equipes que desejam inovar rapidamente, e também serve como campo de teste para projetos antes do lançamento no Polkadot.

No momento da publicação deste artigo, os leilões de slots de parachain já começaram na Kusama, e espera-se que comecem no Polkadot, assim que uma auditoria completa for concluída e os parachains demonstrem funcionar sem problemas na Kusama. Como em qualquer mudança ou atualização no Polkadot, os leilões deverão ser ativados pelo processo de governança on-chain da rede.
Verifique os leilões atuais em andamento no Kusama, aprenda mais sobre como eles funcionam e saiba como contribuir para um crowdloan.
Este artigo contém links para sites de terceiros ou outros conteúdos apenas para fins informativos (“Sites de Terceiros”). Os Sites de Terceiros não estão sob o controle da CoinMarketCap, e a CoinMarketCap não é responsável pelo conteúdo de qualquer Site de Terceiros, incluindo, mas não se limitando, a qualquer link contido em um Site de Terceiros, ou quaisquer alterações ou atualizações do Site de Terceiros. A CoinMarketCap fornece esses links para você apenas para conveniência, e a inclusão de qualquer link não implica endosso, aprovação ou recomendação do site pela CoinMarketCap ou qualquer associação com seus operadores. Este artigo deve ser usado e deve ser usado apenas para fins informativos. É importante fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomar qualquer decisão material relacionada a qualquer um dos produtos ou serviços descritos. Este artigo não se destina a, e não deve ser interpretado como, recomendação financeira. As visões e opiniões expressas neste artigo são do autor [da empresa] e não refletem necessariamente as da CoinMarketCap.
3 people liked this article